2021-08-11 at 16:59 · · Comments Off on Faceb k Dating chega a Portugal. Explicamos-lhe como usar “esta ferramenta do amor”

Faceb k Dating chega a Portugal. Explicamos-lhe como usar “esta ferramenta do amor”

Faceb k Dating chega a Portugal. Explicamos-lhe como usar “esta ferramenta do amor”

Novo servico do Faceb k chama-se Dating ou Encontros, na versao portuguesa, e integrada dentro da app e promete “encontrar ligacoes amorosas significativas” mesmo em tempos sobre pandemia. O primeiro encontro ate pode ser por videoconferencia. Faceb k explica-nos igual que e feito o empleo 2 dados do novo servico.

Na Europa e nunca ambiente chama-se Faceb k Dating, em Portugal fica-se por “Encontros do Faceb k”, chega agora aos utilizadores nacionais e e uma ferramenta integrada dentro do proprio Twitter Con El Fin De ajudar qualquer um, dos 18 aos 101, a hallar o amor. A funcionalidade nasceu ha dois anos, ofreciendo resposta ao crescimento sobre apps igual que o Tinder, mas so chegou em 2019 aos EUA (esta em 30 paises) e expande-se agora, esta quinta-feira, pela Europa, Portugal incluido. A ferramenta e completamente gratuita, embora os dados que os utilizadores vao deixando tenham um precio para a maquina publicitaria do Faceb k (o servico de Dating nao tem, nunca entanto, qualquer publicidade).

“Queremos ajudar as pessoas a encontrarem relacoes com significado, sejam amorosas ou ate amizades duradouras”, explica Kate Orseth, Product Manager do Twitter Dating, numa mesa redonda virtual em que o Dinheiro Vivo esteve presente. Nesse contexto, esta e mirada igual que “uma ferramenta que usa os dados de eventos e conjuntos que ja temos 2 utilizadores do Faceb k, mas que e depois alimentada com as preferencias que cada um tem a meditar nunca apego, com o algoritmo an insinuar depois as melhores ligacoes possiveis”.

Desde que foi criado, em 2018, o Faceb k Dating “ja identificou mais de 1,5 mil milhoes sobre matches ou ligacoes bem sucedidas entre duas pessoas”, embora nao divulgue dados dos numeros sobre utilizadores desta ferramenta integrada na app do Faceb k, nem outras estatisticas. Referente a o uso sobre dados la recolhidos (que exploramos mais a liga), podem ajudar a personalizar publicidade en el interior do Faceb k (informacao como sexualidade ou religiao sao categorias protegidas que nao alimentam a publicidade, foi-nos indicado), mesmo que nao haja anuncios na ferramenta em particular.

Subscreva as newsletters Diario de Noticias e receba as informacoes em primeira mao.

E como funciona?

Nao e muito distinta da experiencia tipica de Twitter, ate porque sao usados dados que a rede social ja tem 2 utilizadores a partir dos grupos e eventos que a que se pertencem. A experiencia de utilizacao, pelo que foi descrito, e a seguinte

– de aderir – e mesmo necessario faze-lo, nao fica ativo automaticamente – tudo e feito numa nova zona que passa an existir en el interior da app ou do site do Faceb k (vai ficando disponivel cabello estado a partir desta quinta-feira). E necessario ter conta no Twitter.

– Em ocasion de perfis, cada pessoa tem um espaco de se dar a conhecer e que e construido depois sobre logo no inicio da experiencia selecionar preferencias pessoais onde se define que arquetipo de pessoas se procura e se queremos que amigos ou colegas de amistades sejam sugeridos como possiveis ligacoes.

– E possivel criar filtros, como distancia do local onde vivemos, idade de preferencia, preferencias de educacao, etc. “Nao alertamos os amistades do utilizador que se juntou ao Dating”, explica Kate Orseth.

– Depois disso, e possivel investigar as sugestoes sobre perfis compativeis. O utilizador pode replicar a pessoas que manifestaram interesse nele ou manifestar interesse noutras pessoas.

– Se o utilizador o desejar, os grupos a que se pertence nunca Twitter e eventos em que se manifesta interesse serao pieza fundamental para as sugestoes sobre possiveis ligacoes amorosas. “Assim e possivel ter acesso a pessoas com os mesmos interesses e gostos que temos”, explica Kate Orseth, acrescentando “quando mais ativo somos numa comunidade (conjunto) do Twitter, mais sugestoes de pessoas desse conjunto teremos”.

– a zona Secret Crush ou Paixoes Secretas posibilita adicionar pessoas sobre quem gostamos (pode ir ate 9 amistades do Twitter ou seguidores nunca Instagram – sim, esta unido tambem ao Instagram). O aspecto secretivo faz com que a pessoa de quem se gosta receba uma indicacao anonima – e se a pessoa tiver conta nunca Dating e nos adicionar tambem igual que Secret Crush, a identidade de los dos e revelada.

– Ao contrario do Tinder, nao ha o chamado swiping para aprovar ou desaprovar pessoas sugeridas. “O que se pode e fazer “gosto” numa pessoa e passar para a seguinte”.

– Stories. E possivel juntar as Stories dos perfis de Faceb k ou Instagram ao Dating. “Elas, neste caso, servem Con El Fin De ensei±ar o que nos interessa e o que fazemos o dia a dia e ajuda-nos an acontecer mais autenticos do que o tradicional lateral de site de namoros”, diz a responsavel.

– Virtual dates ou Encontros Virtuais. Em tempos de pandemia esta funcionalidade, lancada ja em 2020, faz toda a diferenca, ja que facilita videoconferencias direta com alguem nunca servico de Dating. “Enviamos um banquete para falar e se a pessoa untar comecam a interagir”.

– Mensagens. Os utilizadores podem reaccionar a fotos do perfil de outras pessoas e empezar conversas, mas so sao possiveis mensagens sobre escrito. “Nao e possivel partilhar fotos, nem pagamentos na area sobre mensagens”. a grado serve tambem para acotar envio de fotos abusivas nao solicitadas ou que o servico se torne num local sobre alguma forma sobre prostituicao.

Exemplos da funcionalidade Dating ou Encontros do Twitter

Igual que e o patron de negocio do Dating

Os Encontros do Faceb k funcionam sem anuncios, igual que ja indicamos. Questionamos Kate Orseth, a Product Manager do servico, acerca de que mensagem deixaria aos utilizadores que vendo documentarios como O Dilema Social (da Netflix), dentro de outros, podem ficar com receio de dar ainda mais dados pessoais ao Twitter nesta tarima e igual que os possiveis ganhos sobre hallar o apego podiam suponer a pena. A responsavel preferiu explicar escasamente que “o servico foi criado por motivo de que percebemos que muitas pessoas usavam o Faceb k Con El Fin De hallar relacoes amorosas e podiam ter uma experiencia dedicada melhor Con El Fin De isso”.

Entretanto, o Twitter respondeu-nos concretamente acerca de a utilizacao 2 dados dos utilizadores no novo servico. “Recolher dados das pessoas nao e o fin deste servico. O Dating e totalmente opcional e se as pessoas nao querem utilizar a ferramenta, nao o devem fazer. As pessoas usam o Faceb k e outras pi?ginas sociais de encontrar novas pessoas, desenvolver relacoes e ate podem comecar a encontrar-se e namorar com pessoas que encontram por ali. Deseamos fazer a experiencia dos encontros amorosos melhor, fiable e mais adecuado em quem esta interessado em encontros en internet”.

Ja sobre as protecoes sobre privacidade, o Dating alem sobre cumprar o RGPD, indica o Faceb k, “usa as mesmas protecoes que vemos no Faceb k”. Fica, assim, disponivel, e indicado, uma opcao nas definicoes do Twitter, Con El Fin De as pessoas acederem a sua propria informacao na ferramenta sobre Dating que e partilhada com a compai±i­a.

No entanto, esses dados nunca novo servico “podem ser usados de personalizar a experiencia nunca resto do Twitter, incluindo nos anuncios que sao vistos” – com as tais excepcoes sobre preferencia sexual ou religiao (consideradas categorias protegidas de efeitos sobre anuncios.

Categories: Parship adult dating